Home / CULTURA / O número de casas do tabuleiro de Xadrez não foi fixado ao acaso.

O número de casas do tabuleiro de Xadrez não foi fixado ao acaso.

O nº 64 surge em algumas lendas importantes: a mãe de Buda, segundo a tradição, deveria nascer de uma família com 64 espécies de qualidades; a tradição chinesa assinala que Confúcio teria tido 64 gerações desde Houang-Ti, fundador da dinastia; segundo S. Lucas, Jesus teria nascido 64 gerações depois de Adão. Assim como o número de casas do tabuleiro não deve ter sido estabelecido arbitrariamente, certamente não o foram as características de cada peça do jogo, como se analisará rapidamente: Peão – move-se só para frente, 1 casa por vez, exceto no 1º lance, quando, opcionalmente, poderá ser 2. É a única peça à qual não se permite recua e que não captura peças adversárias em seu caminho, mas apenas nas casas diagonais, imediatamente à frente. Representa os sentidos, que podem se enganar, mas jamais negar a sensação, ou seja, recuar. Cavalo – move-se sempre por 3 casas, numa trajetória obrigatoriamente em L (esquadro). É única peça a que se permite saltar por cima de qualquer obstáculo. Bispo – se desloca por quantas casas livre dispuser, mas apenas pelas diagonais, motivo pelo qual só anda por casas de uma mesma cor. Torre – se desloca nas horizontais e verticais, por quantas casas livres dispuser. Rainha (Queen) combina os movimentos da Torre e do Bispo, movendo-se em todas as direções, por quantas casas livres dispuser. Representa a Alma. Rei – é o Espírito que não pode ser destruído, sob pena de acabar o jogo, e nem, ao menos, pode permanecer sob ataque. Este espírito, preso como está à Materia, tem suas possibilidades bastante reduzidas, só movendo 1 casa por vez, embora em qualquer direção.

Fonte: portovelhomeudengo.com.br

Imprimir

About Jefferson Rian

Check Also

Não espanta que Gregório de Matos, o boca do inferno, tenha sido deportado para Angola

Gregório de Matos compunha com muita facilidade e seus poemas se tornavam muito populares, já …