Home / JUSTIÇA E EDUCAÇÃO / Jefferson Rian da Silva / Calar é a melhor réplica aos que discutem com arrogância e agressividade

Calar é a melhor réplica aos que discutem com arrogância e agressividade

A ignorância tanto contribui para superlotar prisões quanto hospitais.

Levei minha filha para passear na praça e próximo desta há uma sorveteria com uma parque infantil de diversões. Primeiramente, ela se divertiu no parque  e depois quis sorvete. Lavei as mãos e ia servir quando vi que um pré-adolescente pôs uma luva na mão esquerda. Segui o exemplo, pois já ia servir sem a luva. Atentei que com a mão direita sem a luva o pré-adolescente servia o sorvete. Eu comentei que ele se confundiu e acabou se servindo com a mão sem a luva. (ele concordou). O pai indignado e com arrogância perguntou do filho o que tinha ocorrido e disse-me que ele iria fazer do jeito que quisesse. Eu lhe disse que não agi com ignorância e tampouco quis reprender o filho dele. Ele disse-me que eu queria aparecer, dentre outras coisas… 

Como vi que ia tomar outras proporções o embate, eu fiquei calado. Ele por sua vez, observou ao redor e viu que eu estava sozinho com minha filha de 3 anos; começou a esbravejar alto e se digo algo podia ter entrado em luta corporal e, certamente, perderiam todos. (Eu, muito mais. Ele é bem mais novo e mais alto e certamente deve saber lutar. Só aí, ele tem três vantagens.) Confesso que avaliei a possibilidade. Todavia, ninguém entra numa guerra sabendo que vai morrer. 

Depois de algum tempo, quando ele foi pagar o consumo, eu deixei claro que não reprendi o filho dele. (na verdade, ele já sabia disso). 

Em suma, a vida é curta demais; e temos muita coisa útil a realizar: de maneira que não se justifica a nossa preocupação em responder a altura a todas as coisas desagradáveis que ouvimos.

 

Imprimir

About Jefferson Rian

Check Also

Quem é Maria Conceição Alves?

“A Educação como meta política sempre pautou minhas ações. Pretendo contribuir essencialmente na Câmara Municipal …